Informativos

Sustentabilidade na Pecuária de Corte

A Terra Desenvolvimento, através de suas palestras e artigos tem destacado o foco financeiro da atividade agropecuária. Neste momento, trataremos de um tema que é a  base da atividade bem sucedida, a sustentabilidade. Para entendermos como a pecuária sustentável e podermos planejar melhor as ações para sua consolidação, desenvolveremos  alguns conceitos já citados na literatura.

A sustentabilidade é vista como conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade.

Para a pecuária ser sustentável ela precisa ser:

  1. ecologicamente correta;
  2. economicamente viável;
  3. socialmente justa; e
  4. culturalmente aceita.

Colocando em termos simples, a sustentabilidade é prover o melhor para as pessoas e para o ambiente tanto agora como para um futuro indefinido. Segundo o Relatório de Brundtland (1987), sustentabilidade é: "suprir as necessidades da geração presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprir as suas". Isso é muito parecido com a filosofia dos nativos dos Estados Unidos, que diziam que os seus líderes deviam sempre considerar os efeitos das suas ações nos seus dependentes após sete gerações futuras.

O termo original foi "desenvolvimento sustentável," um termo adaptado pela Agenda 21, programa das Nações Unidas. Algumas pessoas hoje se referem ao termo "desenvolvimento sustentável" como um termo amplo, pois implica em desenvolvimento continuado, e insistem que ele deve ser reservado somente para as atividades de desenvolvimento. "Sustentabilidade", então, é hoje em dia usado como um termo amplo para todas as atividades humanas.

Na economia, crescimento sustentado refere-se a um ciclo de crescimento econômico real do valor da produção (descontada a inflação), sendo, portanto relativamente constante e duradouro assentado em bases consideradas estáveis e seguras.

Desenvolvimento econômico sustentável dito de outra maneira é aquele em que a renda real cresce pelo crescimento dos fatores produtivos reais da economia e não em termos nominais que seria um crescimento insustentável porque se estaria apenas jogando dinheiro na economia gerando uma riqueza momentânea que os agentes econômicos ao notarem que não há em contrapartida produção equivalente a esse ganho de renda artificial ajustam seus preços o que causa por sua vez inflação.

 
A Gestão Sustentável é uma capacidade para dirigir o curso de uma empresa, comunidade, ou país, por vias que valorizam, recuperam todas as formas de capital, humano, natural e financeiro de modo a gerar valor ao Stakeholders (LUCRO). A Gestão de processos deve ser vista sempre como um processo evolutivo de trabalho e gestão e não somente como um projecto com inicio, meio e fim. Se não for conduzida com esta visão, a tendência de se tornar um modismo dentro da empresa ou do país e logo ser esquecida ao sinal de um primeiro tropeço é grande. Muitos esforços e investimentos têm sido gastos sem o retorno espectável.

Se pensarmos que 10% de tudo o que é extraído do planeta pela Indústria (em peso) é que se torna produto útil e que o restante é resíduo, torna-se urgente uma Gestão Sustentável que nos leve a um consumo sustentável, é urgente minimizar a utilização de recursos naturais e materiais tóxicos. O Desenvolvimento Sustentável não é ambientalismo nem apenas ambiente, mas sim um processo de equilíbrio entre os objectos económicos, financeiros, ambientais e sociais.

Por tudo isso, acredito que a pecuária sustentável deve ser baseada na máxima receita por ha/ano, respeitando as 8 saúdes do dono do negócio, de seus funcionários e colaboradores.  Sendo elas:

  1. Saúde Física: está relacionado com o seu corpo físico. O nosso corpo é o meio pelo qual podemos manifestar toda nossa essência. Consiste-se em cultivar seu corpo saudável.
  2. Saúde Espiritual: está relacionado com o seu auto-desenvolvimento como ser. Consiste-se cultivar sua paz de espírito, seu amor por você e pela vida.
  3. Saúde Intelectual: está relacionado ao seu aprendizado. Consiste-se em cultivar o aprimoramento intelectual e aprendizado contínuo.
  4. Saúde Familiar: está relacionado aos relacionamentos familiares. Consiste-se em cultivar um relacionamento amoroso e harmonioso com todos os seus familiares.
  5. Saúde Social: está relacionado com a sociedade como um todo. Consiste-se em manter um relacionamento saudável com amigos e contribuir para viver numa sociedade mais justa.
  6. Saúde Financeira: está relacionado com suas finanças. Consiste-se em obter condições financeiras para ter a qualidade de vida desejável, bem como planejar como vai poupar dinheiro e onde investir.
  7. Saúde Profissional: está relacionado com sua carreira. Consiste-se em estar na profissão que deseja, saber qual o seu objetivo e o que você realmente quer, bem como manter uma relação harmoniosa no trabalho.
  8. Saúde Ecológica: está relacionado com a natureza e o planeta Terra. Consiste-se em viver em harmonia com a natureza.

Quando conseguirmos obter o máximo de rentabilidade da atividade, respeitando as 8 saúdes e sempre seguindo valores ecológicos, sociais e culturais, termos uma pecuária sustentável.

E por fim, gostaria de destacar que tão importante quanto produzirmos carne com menor emissão de gases que contribuam para o efeito estufa, é fortalecemos a união entre a classe pecuária, para que possamos fazer frente a contra-propaganda disseminada por outros setores da economia.

Acesso de uso exclusivo dos clientes Terra Desenvolvimento


ACESSAR

Acesso de uso dos alunos de cursos Terra Desenvolvimento

ACESSAR

Curta nossa página no Facebook
 
Terra Desenvolvimento Agropecuário 1997 - 2018. Todos os direitos reservados

Escritório Maringá: Rua Bernardino de Campos, 619 - Zona 07 - CEP 87030-160 - Maringá - Paraná
Telefone: +55 (44) 3031-8844

Escritório Campo Grande: Rua São Paulo, 1568 – Vila Gomes CEP 79022-140 – Campo Grande - MS
Telefone: +55 (67) 3026-3442
desenvolvimento: indev sistemas web-based